Condescendência no design
Design
Maio 17

Condescendência no design

Os designs devem ajudar as pessoas a evitar erros e a minimizar as consequências negativas quando eles ocorrem.

O erro humano é inevitável, mas não precisa ser catastrófico. A condescendência no design ajuda a prevenir os erros antes que ocorram e minimiza as consequências negativas quando acontecem. Os designs condescendentes são uma ideia de segurança e estabilidade, o que, por sua vez, promove a disposição para a aprendizagem, a exploração e o uso do design. As estratégias comuns para a incorporação da condescendência ao design incluem:

  • Boas affordances: características físicas do design que influenciam o uso correto (por exemplo, um plugue com formato especial que só pode ser inserido no receptáculo adequado).
  • Reversibilidade das ações: uma ou mais ações podem ser revertidas se ocorre um erro ou a pessoa muda de intenção (por exemplo, a função desfazer em aplicativos).
  • Redes de segurança: aparelho ou processo que minimiza as consequências negativas de uma falha ou erro catastrófico (por exemplo, ejeção do assento do piloto em aeronaves).
  • Confirmação: verificação de intenção necessária antes que sejam permitidas ações críticas (por exemplo, trava que deve ser aberta antes de o equipamento ser ativado).
  • Avisos: sinais, perguntas ou alarmes utilizados para informar sobre perigos iminentes (por exemplo, placas de trânsito advertindo sobre curvas perigosas).
  • Ajuda:informações que auxiliam a realização de operações básicas, solução de problemas e recuperação de erros (por exemplo, documentação ou serviço de atendimento.

A paleta de histórico do Adobe Photoshop permite que os usuários desfaçam e refaçam as ações anteriores com flexibilidade.

Os melhores métodos para produzir condescendência no design são affordances, reversibilidade das ações e redes de segurança. Os designs que sabem usar essas estratégias precisam de poucas confirmações, avisos e ajuda, ou seja, se as affordances são boas, a ajuda é menos necessária; se as ações são reversíveis, as confirmações são menos necessárias; se as redes de segurança são fortes, os avisos são menos necessários. Ao usar confirmações, avisos e sistemas de ajuda, evite utilizar ícones ou mensagens misteriosas. Certifique-se de que as mensagens transmitem com clareza o risco ou o problema e também as ações que possam ou devam ser tomadas. Lembre que o excesso de confirmações ou avisos impede o fluxo de interação e aumenta a probabilidade de o aviso ou confirmação ser ignorado.

Os melhores métodos para produzir condescendência no design são affordances, reversibilidade das ações e redes de segurança.

Crie designs condescendentes com boas affordances, reversibilidade das ações e redes de segurança. Se isso não for possível, lembre-se de incluir confirmações, avisos e um bom sistema de ajuda. Certifique-se de que a quantidade de ajuda necessária para garantir uma boa interação com um design é inversamente proporcional à qualidade do design: se for necessária muita ajuda, o design é ruim.

Trecho extraído do livro Fundamentos Universais do Design, de William Lidwell, Kristina Holden e Jill Butler. Editora Bookman, de 2010.

Livro indisponível na Saraiva.

Deixe seu comentário

Posts recentes

Condescendência no design
Condescendência no design
maio 17, 2020
Começar em UX Design
Começar em UX Design
abril 30, 2020

Categorias

Quer ajuda?

Precisando de ajuda com seu projeto? Mande uma mensagem!
Envie uma mensagem